Lawrence declara apoio a Rubens e diz que pré-candidato tem condições técnicas e políticas para administrar São Luís

Presidente da MOB é o sexto integrante do primeiro escalão do Governo do estado a aderir ao projeto encabeçado pelo deputado licenciado.

O delegado da Polícia Civil – Lawrence Melo Pereira, presidente a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), deu fim ao suspense sobre seu posicionamento nas eleições deste ano em São Luís, ao anunciar nesta quinta-feira (09), que irá apoiar “Rubens Júnior para Prefeitura de São Luís”.

Lawrence, deixou claro que seu apoio é uma decisão pessoal, mas destacou que caso seu partido, o PT de Lula venha decidir compor com o PCdoB na chapa majoritária, a aliança poderá ser decisiva na disputa pelo Palácio de La Ravardiere.
“Cada um deve votar de acordo com sua consciência, mas quero registrar que a minha decisão, de caráter pessoal, diga-se de passagem, foi por vislumbrar em Rubens as melhores qualidades técnicas e políticas para administrar São Luís”, disse Melo ao fazer o anúncio.

SOMANDO ADESÕES
O jogo de sedução na política não é muito diferente da de um casal, que vai desde o flerte até o altar. E assim tem sido o comportamento do PCdoB no projeto rumo ao executivo da capital.

O partido já flertou com inúmeras siglas e conseguiu o tão almejado, ‘sim’, do PP, DC, PMB e Cidadania. Perpassada essa fase, semelhante a um sultão, a sigla não desiste de aumentar o seu harém e conquistar “Cleópatra, grande faraó egípcia, nessa conjuntura representada pelo Partido dos Trabalhadores.

O desejo pela legenda petista tem um objetivo. Dos 217 municípios maranhenses, o candidato petista Fernando Haddad venceu em 214, abocanhando um total de 61,26% dos votos. Em São Luís, carinhosamente chamada de Ilha Rebelde, a situação não foi muito diferente.
Nas seis zonas eleitorais ludovicenses, Haddad venceu em quatro, obtendo 45,67% dos votos. Ou seja, o apoio do PT a qualquer candidato, incluindo do PCdoB, de maneira concreta, poderá interferir no resultado da eleição em São Luís.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta