Gráfica beneficiada com contratos fracionados em Axixá está registrada “numa portinha”

Após a denúncias de que a prefeita de Axixá, Maria Sônia Oliveira Campos – a Soninha, teria realizado compras irregulares de forma fracionadas, o site Maranhão de Verdade foi atrás da empresa beneficiada com cinco contratos, para realizar serviços gráficos, com verba pública que deveria ser usada para combater o coronavírus na cidade.

Conforme destacamos em matéria anterior, ao analisar a documentação da contratação, ficou caracterizado que os contratos, firmados entre a gestão municipal e a empresa denominada GSA Serviços, totalizam R$ 171.780,20 em serviços prestados às Secretarias de Saúde; de Administração; de Educação e Assistência Social, além do Fundeb.

A empresa tem endereço cadastrada na Receita Federal, na Rua Jacinto Maia, 232, loja 02, no Desterro, em São Luís. O problema, entretanto, é que no local informado existe apenas uma ‘portinha’ com nenhuma característica que lembre o funcionamento de uma gráfica com quase R$ 200 mil em serviços.

No imóvel, existem três salas, mas somente duas estaria ocupadas com funcionamento de outras duas gráficas: uma no número 232 B e outra no endereço 232 A. No entanto, no endereço nº 232 simplesmente não existe, o que configura mais um capítulo de um escândalo sem precedentes envolvendo a prefeita axixaense.

Após a constatação das denúncias, a reportagem faz um importante questionamento aos órgãos de controle externos: como uma empresa criada há seis meses foi contratada mesmo sem existir? O que motivou a prefeita Sônia Campos contratar essa empresa mesmo em meio à crise do coronavírus?

COVID EM NÚMEROS NA CIDADE
Axixá concentra um dos maiores números de casos de covid-19 na Região do Munim: 159 monitorados, com 105 confirmados e quatro mortes. A quantidade de infectados pode ser ainda mais, pois 119 casos suspeitos ainda aguardam a confirmação dos exames.

CASO PODE SER INVESTIGADO
A contratação sob suspeita denunciada com exclusividade pelo site já começa a mobilizar alguns dos vereadores para fiscalizar o caso. Um grupo de parlamentares axixaenses já sem movimentam para pedir a abertura de CPI com o objetivo de apurar as supostas irregularidades, mas esse é uma assunto para as próximas matérias. Aguardem!

2 respostas
  1. Jose Martins
    Jose Martins says:

    Nao sei como uma cidade igual Axixá ainda aceita uma pessoa dessas para gerir o município. Uma pessoa como essa não devia nem se meter em política nunca mais. Enquanto não pagasse sua dívida com a justiça!! #DEVE SER PRESA JÁ!!!

    Responder
    • Igor teles de Sena
      Igor teles de Sena says:

      Esse mal deve ser combatido pela raiz. O povo não aguenta mais isso!! Gestão que beneficia a poucos, só quem é do grupo e que estão mamando na teta do dinheiro público. Casas novas, carros novos, propinas para vereadores da base.Enquanto isso os mais necessitados passam por mais necessidades. A polícia devia agir o quanto antes!!!

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta