Casa luxuosa que prefeito de Vargem Grande ocultou da Justiça tem dívida de IPTU

O prefeito de Vargem Grande, José Carlos de Oliveira Barros (PCdoB) acumula uma dívida com a Prefeitura de São Luís. O débito é referente ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de alguns de seus imóveis em áreas nobres da capital maranhense.

Um dos imóveis com dividas com o fisco municipal é uma casa luxuosa que o chefe do executivo vargem-grandense ocultou em sua declaração à Justiça Eleitoral nas eleições de 2016, quando se elegeu para o cargo pela primeira vez, segundo levantamento realizado pelo site Maranhão de Verdade.

A reportagem apurou que o imóvel em questão é uma casa residencial situada na Rua 24, casa 11, Conjunto Cohama, em São Luís. No entanto, na declaração de bens que está disponível no DivulgaCand 2016 que é o sistema responsável pela divulgação das candidaturas no país, só aparece à residência de número 10, localizada ao lado da que foi ocultada.

Segundo levantamento feito pelo Maranhão de Verdade em cartórios de São Luís e cruzado com as declarações de Carlinhos Barros à Justiça Eleitoral, o imóvel que o prefeito vargem-grandense omitiu está avaliada em R$ 70 mil 279 reais e 93 centavos. No entanto, a dívida com o fisco da capital é de pouco mais de R$ 1.401,90 que é referente aos anos de 2014 e 2019.

Conforme o documento ao qual tivemos acesso, Carlinhos adquiriu a mansão no ano de 1972. Por conta do débito da mansão que escondeu da justiça e dos eleitores, o prefeito vargem-grandense acabou sendo incluído pela Procuradoria Fiscal de São Luís na dívida ativa.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta