Nojeira e caos no matadouro de Santa Luzia do Tide

Um verdadeiro absurdo com a população. O matadouro público do município de Santa Luzia do Tide deverá ser interditado, por decisão da justiça nos próximos dias. Segundo informações obtidas pela reportagem do Maranhaodeverdade.com, além de estar atuando de forma clandestina, considerando não haver qualquer registro junto aos órgãos de fiscalização, a estrutura e as práticas adotadas no matadouro não observam as mínimas condições higiênico-sanitárias que se esperam de um estabelecimento desse porte, o local existe um verdadeiro “caos sanitário”, trazendo risco à saúde dos trabalhadores e aos consumidores. O município comercializa carnes bovinas para diversas cidades da região nordeste, Santa Luzia tem o terceiro maior rebanho do nordeste. 

Veja o vídeo abaixo:

Segunda edição do Villa dos Haras no Maranhão

Evento será realizado de 14 a 17 de novembro, no Haras 4 Irmãos, na Estrada da Raposa (MA) e promete reunir todas as modalidades equestres do estado.

Será realizado pela segunda vez no Maranhão, o Villa dos Haras de 14 a 17 de novembro, com programação especial para toda família no Haras 4 Irmãos, na estrada da Raposa, a partir das 18h. Serão ofertados 35 lotes da raça Quarto de Milha criteriosamente selecionados de genética superior consagrados nas pistas e na reprodução, fora isso, teremos também a cotização do belo Don Rick Stell.

Segundo a ABCCMM – Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador – o setor emprega três milhões de pessoas e cresceu 12% em apenas dez anos. A perspectiva é de que o mercado nacional permaneça aquecido.

De acordo com a FAO – Federação Internacional da Agricultura – o Brasil possui a quarta maior tropa de cavalos do mundo. Atualmente, a tropa brasileira tem 5.496.817 cavalos e esse número é reflexo do alto investimento em melhoramento genético, nutrição, medicamentos, profissionais e treinadores.

Em 2017, o setor de equinos também recebeu um grande investimento em eventos, entre eles, competições, circuitos de hipismo e leilões. Com uma média de dez provas por semana, segundo a ABQM – Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha – os eventos têm sido um grande sucesso e cada vez conseguem atrair mais público. Em média, o Brasil recebe quatro mil eventos de cavalos por ano.

Dessa forma, a FEEMA – Federação de Esportes Equestres do Maranhão -, organiza durante quatro dias, um verdadeiro festival com palestras profissionalizantes sobre equinocultura, fórum de debates com a temática a evolução da criação do Cavalo Quarto de Milha de Vaquejada, e sua utilização por criadores e competidores. Personalidades da equinocultura maranhense e brasileira, também serão homenageadas, provas de três tambores e provas de hipismo.

Mas o grande destaque na programação é o Leilão São Luís & Falcar Quarter Horse Sale, que apresentará cavalos da raça quarto de milha para oferta. 

O Leilão será também transmitido através do site www.agresteleiloes.com.br.

Hildo Rocha critica intenção da ANEEL que pretende taxar consumo de energia solar: “não vamos permitir”

Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha criticou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A agência anunciou abertura de consulta pública para rever as regras que tratam da chamada geração distribuída. Caso as regras sejam alteradas consumidores que geram energia para consumo próprio, por meio de captação fotovoltaica passarão a pagar pela produção de energia solar.

“Essa ideia é inadmissível. As pessoas fizeram investimentos acreditando que o consumo da energia solar, que é tida como energia limpa, não seria taxado, não seria tributado. Mas, agora surge essa ideia da Aneel de querer taxar o sol. Não tem lógica”, enfatizou Hildo Rocha.

Geração Distribuída

Desde 17 de abril de 2012, quando entrou em vigor a Resolução Normativa da Aneel no 482/2012, o consumidor brasileiro pode gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis ou cogeração qualificada e inclusive fornecer o excedente para a rede de distribuição de sua localidade. Trata-se da micro e da minigeração distribuídas de energia elétrica, inovações que podem aliar economia financeira, consciência socioambiental e autossustentabilidade.

Os estímulos à geração distribuída se justificam pelos potenciais benefícios que tal modalidade pode proporcionar ao sistema elétrico. Entre eles, estão o baixo impacto ambiental, a redução no carregamento das redes, a minimização das perdas e a diversificação da matriz energética.

Segundo a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica, há atualmente cerca de 120 mil consumidores que usam a geração distribuída. Também de acordo com a associação, cerca de 650 milhões de reais por ano são pagos pelos consumidores comuns com os subsídios.

“Se a Aneel levar adiante a ideia de taxar a captação de energia solar nós derrubaremos a proposta, tornaremos a resolução sem efeito, não vamos permitir que os consumidores sejam penalizados por essa ideia inconcebível”, afirmou Hildo Rocha.

Cantora Fabrícia agita Halloween em São Luís

Irreverência, decoração temática e premiações neste sábado (2), com Fabrícia & Banda, DJ Brunno Ximenes e DJ Rogério Mix no Athenas Bistrô.

Quem bem conhece, sabe que ela não é para brincadeira. Não estamos falando apenas do carisma ou talento e sim, de uma profissional diferenciada que promete reunir um grande público na noite deste sábado (2), no Athenas Bistrô, a partir das 22h, ao lado dos DJs Rogério Mix e Brunno Ximenes.

Com a temática de halloween, a casa fará uma homenagem ao filme ‘Malévola: Dona do Mal’, com decoração e efeitos especiais.

Mas claro, a ideia de medo ficará apenas para decoração, porque a sugestão da cantora é que todos tirem o pé do chão e dancem muito. “Vai ser uma festa linda, animada e começo o show com uma fantasia especial, tenho certeza que todos vão gostar”, conta Fabrícia.

Quem ainda não escolheu a fantasia é separar o look, porque tem concurso. O primeiro lugar ganha uma viagem com acompanhante para Barreirinhas, incluindo passeio e transporte. O segundo lugar uma R$ 200.

Ingressos à venda somente na bilheteria do Athenas Bistrô e custa R$ 30, a inteira e meia, R$ 15.

Gutemberg alerta para situação crítica da Maternidade Maria do Amparo

“Mais uma vez a Maternidade Maria do Amparo se encontra em situação crítica. Os médicos estão com salários atrasados desde junho e não têm mais condições de trabalhar. A maternidade corre o risco de fechar as portas de forma definitiva”. Esse foi o alerta do vereador Dr. Gutemberg Araújo (PRTB) em pronunciamento na manhã desta quarta – feira (30), na Câmara Municipal de São Luís.

O vereador Dr. Gutemberg Araújo abraçou a luta da maternidade Maria do Amparo, desde o ano passado, quando a unidade de saúde anunciou a paralisação das atividades. Foi o parlamentar que trouxe o caso à Câmara Municipal de São Luís.

Ainda no início deste ano, Dr. Gutemberg teve o apoio do presidente da Câmara, vereador Osmar Filho (PDT), e demais vereadores, para coordenar vários diálogos entre a diretoria do Centro Assistencial Elgita Brandão, entidade mantenedora da casa de saúde com os representantes do poder executivo Municipal.

Foram realizadas várias reuniões em busca de uma solução para o problema. Em uma delas, foi firmado um convênio com a Prefeitura Municipal de São Luís para ajudar a custear o kit médico – grupo de profissionais formado por um ginecologista obstetra, um médico anestesista e um pediatra, além de acrescer o piso máximo de atendimento.

Em abril deste ano, a maternidade voltou a funcionar. Mas, novamente, os profissionais da unidade de saúde procuraram o vereador para relatar os salários atrasados e o risco de encerrar as atividades de forma definitiva.

“Preciso dividir essa angústia e agonia com vocês. Essa casa parlamentar foi essencial na reabertura dessa maternidade que é responsável por 11% dos partos registrados na capital maranhense. Se caso não sejam regularizados os salários, além da manutenção com os matérias médicos essenciais para a realização dos partos, a Maternidade Maria do Amparo vai encerrar as atividades, sem previsão de retorno. Peço o apoio de todos”, destaca Dr. Gutemberg

Maternidade Maria do Amparo

A Maria do Amparo, localizada no bairro Anil, é responsável por 11% dos partos registrados na capital maranhense, sendo 100 mil contabilizados ao longo de 37 anos de existência. No final do ano passado, o vereador Dr. Gutemberg destinou R$ 1 milhão de emendas na Lei Orçamentária Anual – LOA 2019, além de emenda pessoal no valor de R$ 250 mil para a Maternidade Maria do Amparo.

Hildo Rocha vistoria obras financiadas com emendas de sua autoria em Marajá do Sena

Durante a recente visita ao município de Marajá do Sena, onde entregou um caminhão pipa para moradores da zona rural, o deputado federal Hildo Rocha também vistoriou obras que estão sendo realizadas pela prefeitura com recursos federais de emenda parlamentar de sua autoria: duas pontes de estrutura metálica concretadas e o mercado público municipal.

Pontes de concreto

O deputado destacou o esforço que o prefeito tem feito a fim de substituir as frágeis pontes de madeira por pontes seguras e duradouras.

“O prefeito Lindomar está aplicando muito bem esses recursos que são fruto de minha emenda impositiva. As pontes estão ficando excelentes. Em breve as obras estarão concluídas e a população terá duas ponte que oferecerão segurança e mais conforto”, destacou o parlamentar.

Novo Mercado Público Municipal

Rocha também elogiou a qualidade do prédio que está sendo construído para abrigar o Mercado Público de Marajá do Sena. Rocha lembrou que um ex-prefeito da cidade derrubou o antigo prédio para reconstruir a feira, mas a promessa nunca foi concretizada.

“Uma emenda de minha autoria, destinada à Codevasf, está realizando um antigo sonho da população que há muito tempo deseja ter um mercado digno. O prefeito Lindomar está fazendo um prédio moderno, devidamente projetado para receber os feirantes e os consumidores que passarão a dispor de um local adequado para a comercialização de produtos alimentícios. O novo mercado será um local higiênico, organizado, digno, do jeito que a população quer”, declarou Hildo Rocha.

Ajuda fundamental

O prefeito Lindomar Araújo enfatizou que os recursos do governo federal que chegam ao município, por meio de emenda parlamentar do deputado Hildo Rocha, são extremamente importantes porque o município não recebe ajuda do governo estadual.

“O deputado Hildo Rocha tem nos ajudado bastante. É um parlamentar atuante e sensível, conhece as dificuldades da população e trabalha para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Com muito esforço ele tem conseguido emendas que são fundamentais para o desenvolvimento do nosso município. Nós somos muito gratos por tudo que ele tem feito por nosso município”, afirmou Lindomar.

Além do deputado Hildo Rocha e do prefeito Lindomar Araújo, também participaram da vistoria: a primeira dama Ana Luiza; o vice-prefeito, Riba Soares; os vereadores Cleone Bezerra (presidente da Câmara); Bismarck; Celestino; Ernaldo e Pedro do Airton.

Também prestigiaram o evento o Secretário de Obras Irmão Silas; os ex-prefeitos Henrique Muniz (Esperantinópolis); Marcelo Farias e o vereador Antônio Luis (Esperantinópolis).

O advogado Jório Rocha e o ex-vereador de Cantanhede, Raimundo Nonato Ferreira, o popular Dicó, e vereadores do município acompanharam o deputado Hildo Rocha nas vistorias das obras.

Matadouro humano é instalado em Peri Mirim

Em Peri Mirim, prefeito abre centro cirúrgico de hospital sem autorização colocando em risco a vida da população.

O prefeito da cidade de Peri Mirim, José Geraldo Amorim Pereira (MDB) abre centro cirúrgico sem respaldo técnico pela Vigilância Sanitária do Estado, que nunca fez visita para verificar o centro cirúrgico, deixando habilitado para realizar cirurgias, com propósito de conquistar os votos e ainda ludibriar o povo ele recentemente abriu o centro cirúrgico do Hospital São Sebastião, sem as mínimas condições de funcionamento expondo o paciente a risco eminente, uma vez que não está habilitado pela Vigilância Sanitária, ainda fez uma mídia em cima, tirando foto e postando em determinado blog da região.

Claro que isso, está acontecendo porque já está querendo se reeleger novamente, e somente começou a trabalhar e ir ao município agora em agosto, faltando já menos de 1 ano para eleição. Ainda as cirurgias são realizadas a ponta de dedo, então se você não vota com ele já sabe não poderá fazer sua cirurgia no município.

Por que para marcar qualquer serviço ou exame você tem que mostrar sua identidade provando que nasceu em Peri Mirim e titulo de eleitor caso não nasceu mais vota terá a marcação realizada, caso não tenha nascido e nem vote não poderá realizar, essa ordem partiu do prefeito Geraldo Amorim, obedecida por todos os funcionários a risca, alô MP faça uma fiscalização ao município de Peri Mirim.

José Geraldo, prefeito de Peri Mirim

José Geraldo, prefeito de Peri Mirim

Pare de enganar a população, trabalhe efetivamente pela saúde, e respeite as Leis, que amparam o SUS, além de agir dentro da legalidade que exige uma administração. Atenção Secretária de Estado do Maranhão faça uma fiscalização dentro do Hospital São Sebastião, e diagnosticaram que o centro cirúrgico não e apropriado para realização das cirurgias, mesmo que fosse de pequena complexidade.

Iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, aplicativo Meu Ônibus atinge marca de 300 mil downloads

Implantado pela Prefeitura de São Luís, na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, o aplicativo Meu Ônibus atingiu a marca de 300 mil downloads em três anos de funcionamento. Deste total, mais de 274 mil foram baixados pelo sistema androide e 26 mil pelo sistema IOS.
A ferramenta permite que os usuários de transporte coletivo da capital tenham acesso, em tempo real, a informações sobre horário dos ônibus, parada mais próxima e outras. A ferramenta tem como função propiciar ao passageiro mais comodidade, precisão nos horários e segurança.

De acordo com o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, o aplicativo visa garantir mais comodidade à população que utiliza o sistema transporte coletivo. “Com o aplicativo ficou mais rápido e seguro utilizar o transporte da capital, pois além de mostrar a localização do ônibus, a ferramenta também informa itinerário, localização dos pontos e os horários que os coletivos passam por eles”, disse o secretário.

Durante Seminário em Fortaleza Hildo Rocha afirma que a simplificação do sistema tributário nacional será a principal conquista da PEC 45

No seminário realizado na última sexta-feira, na Assembleia Legislativa do Ceará, que debateu a reforma tributária proposta pela PEC 45/19, o deputado federal Hildo Rocha (MDB/MA) enfatizou que o complexo sistema tributário nacional gera insegurança jurídica, inibe investimentos e dificulta o crescimento da economia brasileira.

O seminário de Fortaleza foi a décima edição da série de debates que tem como finalidade expor para representantes de entidades empresariais, gestores públicos, especialistas e para a população os pontos essenciais contidos no texto de autoria do deputado Baleia Rossi (MDB/SP).

“O nosso intuito é popularizar essa discussão, mostrar para a população quais são as vantagens que resultarão da aprovação dessa PEC. Na apresentação, tiramos dúvidas e recebemos propostas de aperfeiçoamento do texto. É importante que a população conheça a matéria, apresente sugestões para que possamos aprová-la com mais facilidade”, argumentou Hildo Rocha, parlamentar que preside a Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa a reforma tributária (PEC 45/19).

Insegurança jurídica

Rocha enfatizou que a consequência mais danosa para a economia brasileira, pelo arcaico sistema tributário nacional é a insegurança jurídica.

“As pessoas temem investir no Brasil por conta da insegurança gerada pelo emaranhado de leis que dificultam o pagamento e elevam os custos operacionais das empresas. Temos US$ 13 trilhões aplicados em juros negativos no mundo inteiro, parte dessa poupança poderia ser investida no Brasil, mas, como o nosso sistema é muito inseguro, ninguém quer arriscar”, afirmou Hildo Rocha.

Simplificação e transparência

O texto em análise na comissão prevê a extinção de três tributos federais (IPI, PIS e Cofins), o ICMS (estadual) e o ISS (municipal), todos incidentes sobre o consumo. Todos esses cinco tributos serão substituídos por dois: um que será denominado de Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) – de competência dos três entes federativos –, e outro sobre bens e serviços específicos (Imposto Seletivo), de competência federal.

“Simplificação é a essência da proposta que defendemos. Havendo transparência e facilidade na arrecadação o Brasil voltará a crescer, segundo especialistas, pelo menos 5% ao ano. Ou seja, a economia brasileira irá se fortalecer, os empresários irão investir e gerar milhões de empregos”, destacou Hildo Rocha.

Justiça tributária

O parlamentar maranhense enfatizou que o sistema atual penaliza a faixa mais pobre da população porque a faixa que paga proporcionalmente muito mais do que os mais abastados da sociedade. “O modelo atual, de tributos de base no consumo, penaliza os mais pobres, é muito regressivo, comete muita injustiça tributária. O que está sendo proposto pelo deputado Baleia Rossi, por meio do Imposto sobre Operações de Bens e Serviços (IBS) muda essa realidade porque o tributo sobre alimentação e medicamento será devolvido para os mais pobres, no mês seguinte. Além disso, o IBS terá uma base mais larga de tributos que incidem sobre serviços e bens, inclusive os intangíveis, que atualmente estão livres de pagarem tributos. O não recolhimento desses tributos causam enormes prejuízos à população que deixa de ter investimentos em saúde, educação, infraestrutura, segurança etc.”, afirmou Hildo Rocha.

Evento bastante prestigiado

O Encontro, na Assembleia Legislativa do Ceará, reuniu prefeitos, deputados estaduais e federais, vereadores, lideranças empresariais, servidores dos fiscos, além de especialistas das áreas tributária, financeira, contábil e jurídica.

O economista Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal, um dos responsáveis pelo estudo que serviu de base para a PEC 45/19 fez a apresentação do seu estudo e as implicações para a economia do Brasil com a implantação do Imposto Sobre Bens e Serviços – IBS.

Pedrosa Filho assume pré-candidatura a prefeito de Rosário

O município de Rosário pode ter uma novidade na eleição de 2020. Além dos principais grupos políticos e nomes já tradicionais na disputa para a prefeitura, uma terceira via começa a dar as caras, a qual é encabeçada pelo vereador Pedrosa Filho (MDB).

O vereador Pedrosa Filho vem trilhando uma carreira no meio político de Rosário de muitas conquistas, com legislaturas exitosas repletas de projetos e propostas ricas em conteúdos e idéias. Seu trabalho tem feito toda a diferença em todo  município. Não é de se admirar que recalcados tentem ofuscar seu mandato, triste ver que certos jornalistas se prestam a esse tipo de papel sem nenhuma responsabilidade com o cidadão ou mesmo a sociedade como um todo.

Dessa forma determinado programa de rádio local resolveu escalar os pré-candidatos a prefeito da cidade e pasmem, o vereador sequer foi convidado. Fica clara a tentativa de boicote presente nessa ação. Mas quem tem história para contar não se acovarda. São inúmeros os projetos de lei, Necó é autor e protagonista do advento da meia passagem dentre outras pautas relevantes. 

Na oportunidade o vereador faz um alerta, “portanto rosarienses não se enganem! Avaliem seu candidato sob o foco do trabalho realizado e deixem os fatos falarem por si só, quem serve ao povo com a verdade não treme na base diante de sabotagens inescrupulosas. No final o debate consciente e coerente trazem a tona quem tem competência e preparo para gerir com responsabilidade e conduzir da maneira a nossa  comunidade”.