Câmara Municipal de São Luís homenageia Thaynara OG

Câmara Municipal de São Luís homenageia Thaynara OG

A Câmara Municipal de São Luís realizou, nesta quinta-feira (29), ato solene para homenagear a advogada e criadora de conteúdo digital, Thaynara Oliveira Gomes, mais conhecida como Thaynara OG.

O evento foi proposto pelo vereador Dr. Gutemberg (PRTB) e contou com as participações do presidente da Casa, vereador Osmar Filho (PDT); o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão; familiares, amigos e fãs da homenageada.

A festa, realizada na Sala de Atos da CMSL, também contou com as apresentações da cantora Teresa Canto, Grupo Musical ‘4 Strings’ e Boi dos Sonhos.

Dr. Gutemberg Araújo justificou a homenagem, aprovada unanimemente pelos demais parlamentares, afirmando que Thaynara OG promove um importante trabalho de divulgação das riquezas culturais do Maranhão.

“O São João da Thay’, que já está em sua terceira edição, é um expoente da cultura maranhense. E, além disso, a Thay realiza vários trabalhos sociais como representante do Unicef. Essa Casa, que é a quarta Câmara Municipal mais antiga do país, tem a obrigação de fazer Leis, fiscalizar o Poder Executivo e também fazer um reconhecimento às pessoas que trabalharam e continuam trabalhando pela nossa cidade. Sabemos o quanto a Thay promove a cultura maranhense para o mundo. E com isso ajuda na geração de renda para nosso Estado, pois as pessoas querem conhecer o São João do Maranhão e a cidade de São Luís que tanto ela divulga nas mídias sociais”, afirmou.

Dr. Gutemberg ainda destacou que a simplicidade e o talento são marcas registradas da maranhense que conquistou a todos.

“O sucesso da Thay é marcado pela simplicidade, talento e muito trabalho. Toda a renda do evento beneficente ‘São João da Thay’ vai para trabalhos sociais. Em entrevista, ela disse uma vez que morava nos aeroportos. E que o único lugar que ela tinha para descansar é São Luís. Apesar de todo o sucesso, Thay manteve sua personalidade, sua origem. Isso é ser raiz”, completou.

Emocionada e com o jeito sempre carismático, Thaynara agradeceu o reconhecimento.

“Quero agradecer ao vereador Dr. Gutemberg, presidente Osmar Filho, todos os vereadores da Casa, família e meus seguidores. Essa é uma conquista que faz parte da nossa história. Neste ano, conseguimos empregar 300 pessoas no São João da Thay. Mobilizamos mídia espontânea para a cidade. E o dinheiro arrecadado com o evento foi para reforçar o selo do Unicef no Maranhão, que atua em 180 municípios maranhenses. Essa homenagem é uma motivação para dar seguimento ao nosso trabalho. Vou soltar meu ‘Kiu’ para esse momento tão especial. Muito obrigada!”, comentou.

Osmar Filho destacou que a contribuição da Thaynara OG impulsiona a economia local.

O presidente da Câmara também entregou à homenageada um kit do Generocidade (www.pratiquegenerocidade.com.br), projeto lançado recentemente pela Casa e que visa incentivar à população a executar ações de preservação de São Luís.

“No momento em que a Thaynara dedica parte do seu tempo para mostrar o que São Luís tem de melhor para o mundo, tenha certeza de que ela desperta interesse em várias pessoas mundo afora para conhecer nosso Estado. A consequência é a geração de renda e empregos”, afirmou o presidente.

Histórico – Nascida e criada na capital maranhense, Thaynara Oliveira Gomes, Thaynara OG, é advogada formada pela Universidade Federal do Maranhão. A maranhense é uma das brasileiras que mais se destacou no Snapchat, arrebatando milhares de fãs que acompanhavam a sua rotina como estudante de Direito.

Do Snapchat o público foi migrando para o Instagram, You Tube, e ainda acompanha o trabalho da Thay como apresentadora de dois programas nacionais. E, assim, Thay formou uma legião de seguidores que se divertem com o trabalho da produtora de conteúdo digital e aprendem sobre a cultura maranhense. Além de promover e difundir a cultura do Maranhão, o São João da Thay, realizado desde 2017, na cidade de São Luís, também tem propósito filantrópico.

“Gil Cutrim vai propor Dia Nacional da Depressão, seguindo o exemplo da Alema”, afirma Fábio Macedo

“Gil Cutrim vai propor Dia Nacional da Depressão, seguindo o exemplo da Alema”, afirma Fábio Macedo

O Dia Estadual da Depressão, comemorado no dia 13 de setembro, por iniciativa de projeto de lei de autoria do deputado Fábio Macedo (PDT), aprovado por esta Casa, será transformado em Dia Nacional da Depressão. O anúncio foi feito ontem (27), em Brasília, pelo deputado Fábio Macedo, após reunião de trabalho com o deputado federal Gil Cutrim (PDT), na Câmara Federal.

Na reunião, o deputado Fábio Macedo apresentou a Gil Cutrim a lei que criou o Dia Estadual de Combate à Depressão no Maranhão e a que criou um programa de auxílio psicológico às pessoas acometidas por essa doença, propostas de sua autoria aprovadas este ano, por unanimidade, pela Assembleia Legislativa do Maranhão. Ele entregou um kit simbólico do Dia Estadual de Combate à Depressão.

Apoio da bancada federal do Maranhão

“Estou muito feliz de chegar em Brasília e ser recebido pelo nosso amigo deputado federal Gil Cutrim, que abraçou essa nossa causa. Tenho certeza que, agora, com esse apoio da bancada federal do Maranhão teremos não somente o Dia Estadual de Combate à Depressão, mas também o Dia Nacional de Combate à Depressão”, afirmou entusiasmado Fábio Macedo.

Segundo Fábio Macedo, Gil Cutrim vai apresentar um projeto de lei propondo a criação do Dia Nacional da Depressão, a ser comemorado na mesma data do Dia Estadual de Combate à Depressão, ou seja, dia 13 de setembro.

“São mais de onze milhões de brasileiro submetidos, infelizmente, a essa silenciosa doença. Esperamos sensibilizar nossos pares para que o exemplo do Maranhão seja seguido e, assim, se possa combater essa doença tão grave que tem tirado a vida de milhares de brasileiros. Já protocolamos o pedido, em caráter de urgência, e esperamos que a matéria seja votada o mais rápido possível”, disse o deputado Gil Cutrim.

Adesão do presidente da Câmara Federal e do Senado

Fábio Macedo também se reuniu com os presidentes da Câmara Federal e do Senado, respectivamente, Rodrigo Maia (DEM) e Davi Alcolumbre (DEM), de quem obteve total apoio para a iniciativa. “Vamos aprovar essa matéria porque trata-se de um tema, hoje, que passou a ser um grande problema da família brasileira. E cabe ao parlamento vocalizar esse assunto para que a população possa compreender e reduzir esse problema, que vem avançando significativamente, no Brasil, que é a depressão”, destacou o presidente da Câmara.

O presidente do Senado disse que o deputado Fábio Macedo traz uma bandeira para o Congresso Nacional e que o Maranhão dá exemplo para o resto do Brasil. “Essa doença, considerada a doença do século, tem vitimado milhões de brasileiros. Essa é uma causa nobre a qual me solidarizo como presidente do Congresso Nacional. Essa causa tem o meio irrestrito apoio”, afirmou Alcolumbre.

Caxias é a primeira cidade do estado a doar cadeiras de rodas motorizadas às pessoas com deficiência

A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria de Saúde e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), realizou solenidade de encerramento da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, com entrega de 113 cadeiras de rodas e 7 aparelhos auditivos a pessoas atendidas pela instituição.

O evento ocorreu na tarde da última quarta-feira(28) na quadra do Ginásio de Esporte Governador João Castelo e contou com a presença de várias autoridades e pessoas atendidas pela associação. Para o fundador da APAE/Caxias, Jerônimo Cavalcante, o apoio da Prefeitura foi de fundamental importância. “Somos parceiros da Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, nós temos um convênio, os recursos são fundo a fundo, então nós conseguimos recursos do Ministério da Saúde. Esses recursos chegam no Fundo Municipal de Saúde e depois são repassados para a APAE, através de convênios”, destacou Jerônimo.

O prefeito Fábio Gentil falou do empenho da sua gestão para melhorar a vida das pessoas com deficiência em Caxias.

“São pessoas beneficiadas, mais de 100 famílias que possam ter essa facilidade de locomoção. Nosso objetivo é melhorar a vida dos caxienses com necessidades especiais. Tudo isso marca uma nova história para o município”, frisou.

A APAE de Caxias atende 11 municípios da região. Várias famílias foram contempladas, 4 cadeiras motorizadas foram entregues. Raquel Reis foi uma das contempladas.

“Estou muito feliz, é uma vitória para nossa classe esses equipamentos, uma cadeira motorizada como essa que ganhei é muito cara e eu não teria condições de comprá-la. Agradeço à APAE e à Prefeitura de Caxias”, destacou Raquel.

Caxias é a primeira cidade do Maranhão a oferecer cadeiras motorizada a quem necessita de mobilidade para ter uma vida mais digna. O vereador Catulé, presidente da Câmara de Vereadores de Caxias, falou sobre a importância do trabalho da instituição no município. “A entidade está fazendo como sempre, se aproximando mais dos desvalidos da sorte, ou seja, atendendo aqueles que não têm condição de comprar uma prótese ou uma cadeira de rodas e ser assistido a contento. Isso graças ao carinho do vereador Jerônimo e sua esposa, que têm atendido na medida do possível todos aqueles que necessitam do apoio e da colaboração da APAE”, falou Catulé.

Paulo Marinho Júnior, Vice-prefeito de Caxias, também pontuou o trabalho da APAE no município. “Caxias tem uma das melhores instituições de apoio à pessoa com algum tipo de limitação do Maranhão, fico muito feliz em poder estar aqui e também fazer parte dessa história”, completou.

Yglésio pede CPI para investigar transferências suspeitas no curso de Medicina da UEMA

Yglésio pede CPI para investigar transferências suspeitas no curso de Medicina da UEMA

Doenças psicológicas e distância da família são os principais motivos que levaram a Justiça conceder liminares para que alunos que não passaram pelo tradicional processo seletivo da Universidade Estadual do Maranhão fossem matriculados no Curso de Medicina da UEMA (Campus Caxias). A denúncia de alunos e professores chegaram ao conhecimento do gabinete do deputado estadual Dr. Yglésio (PDT). 

Diante o exposto, o parlamentar maranhense acredita que a instalação de uma Comissão de Parlamentar de Inquérito (CPI das Transferências Universitárias) é a melhor alternativa para investigar essas transferências externas que tem como alvo o curso de medicina da UEMA.  O deputado Dr. Yglésio já colheu 15 assinaturas para abertura da CPI e o requerimento deve ser protocolado nos próximos dias.

Os universitários, segundo a denúncia, são alunos de faculdades e universidades estrangeiras que estão sendo matriculados no curso de Medicina da UEMA extrapolando a capacidade de cada turma que é de 35 alunos. Há turmas superlotadas com as decisões proferidas. Importante destacar que não há edital que garanta a transferência externa de alunos. “Não é menosprezar o problema de depressão. Mas quando você tem 17 decisões no mesmo sentido, todas as medidas liminares concedidas pelo mesmo magistrado. Nós começamos a ver problema em um curto horizonte”, disse o deputado Dr. Yglésio em tribuna. 

O parlamentar destacou que a UEMA não pode ser vítima de sucateamento do ensino superior, em especial no curso de medicina. “As universidades têm que estar preparadas para receber os estudantes e isso demanda infraestrutura. Tem que ter laboratório suficiente para os estudantes. Garantir uma estrutura que seja compatível com a quantidade de alunos.”, defendeu Yglésio.

Fábio Macedo defende combate à depressão no Congresso Nacional

Fábio Macedo defende combate à depressão no Congresso Nacional

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) esteve em Brasília, nesta terça-feira (27), defendendo a bandeira de combate à depressão no Congresso Nacional. Durante a visita, o parlamentar pedetista foi recebido pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, aos quais apresentou a lei de sua autoria que estabelece o Dia Estadual de Combate à Depressão no Maranhão. 

Na ocasião, o pedetista entregou um projeto que estabelece o dia 13 de setembro como Dia Nacional de Combate à Depressão ao deputado federal Gil Cutrim (PDT), que dará entrada na Câmara Federal para apreciação e aprovação.

“A nossa campanha de combate à depressão ganhou projeção nacional. Na última terça-feira, estive reunido com Davi Alcolumbre, acompanhado dos senadores maranhenses Weverton e Eliziane Gama, e também com Rodrigo Maia, levando a nossa bandeira contra a depressão e buscando esse apoio para que o dia 13 de setembro seja também estabelecido como Dia Nacional de Combate a essa doença, que tem atingido grande parte dos brasileiros. O deputado Gil Cutrim vai apresentar o nosso projeto na Câmara Federal para que isso se torne realidade, com o apoio da deputada federal Tabata Amaral. Hoje, saio feliz, porque tanto o presidente do Senado quanto o da Câmara manifestaram apoio irrestrito ao nosso projeto”, disse Fábio Macedo.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, destacou o pioneirismo do projeto. “O Maranhão dá exemplo para o Brasil, aprovando em sua Assembleia Legislativa uma lei estadual, fazendo menção a esta doença que tem vitimado as famílias brasileiras, inclusive levando muitos a tirarem a própria vida. Como presidente do Senado e do Congresso Nacional, manifesto meu apoio irrestrito a essa tese que é de grande importância para o país”, afirmou.

Já Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, chamou atenção para o papel do Parlamento diante da depressão. “A iniciativa do deputado no âmbito estadual é muito boa e agora será apresentada aqui no Congresso pelo deputado Gil Cutrim e tenho certeza de que tramitará rapidamente e será aprovada nesta Casa. É uma temática que passou a ser um dos grandes problemas da família brasileira e cabe ao Parlamento vocalizar e dar clareza ao assunto para que a população possa entender e, assim, conseguirmos reduzir os casos de depressão”, disse.

Presentes na visita ao Congresso Nacional, os senadores Weverton Rocha e Eliziane Gama falaram sobre a importância do projeto e elogiaram atuação de Fábio Macedo.

“É um debate fundamental para este século. Na verdade, é um enfrentamento que todos deviam fazer e o Maranhão é pioneiro ao termos um dia especial para a reflexão e da criação de novos marcos regulatórios. O deputado Fábio Macedo e toda Assembleia Legislativa do Maranhão estão de parabéns por uma iniciativa tão importante para as famílias brasileiras” afirmou Eliziane Gama.

“Tenho me orgulhado muito da atuação do deputado Fábio Macedo, que é de luta, superação e, acima de tudo, humildade. Fábio é um parlamentar que tem enfrentado de perto essa temática, levando essa bandeira e dialogando com as famílias.” disse Weverton Rocha.

Weverton critica PEC paralela da reforma da Previdência

O senador Weverton (PDT-MA) criticou, nesta quarta-feira (28), a tramitação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) paralela da reforma da Previdência. Após a leitura do parecer do relator da reforma da Previdência, Tasso Jereissati (PSDB-CE) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, o parlamentar afirmou que pontos fundamentais estão sendo tirados do texto.

“Tudo o que é admitido no relatório de Jereissati como importante está sendo jogado nessa PEC que, para mim, será a PEC da balela. Está na cara que essa PEC só passa aqui no Senado e vai para a gaveta. Não anda na Câmara, por razões óbvias”, afirmou Weverton.

O senador enfatizou que o Senado precisa cumprir seu papel de Casa revisora. “É nossa responsabilidade fazer a devida revisão do que foi votado na Câmara. Não podemos perder a oportunidade de protagonizar um debate tão importante que vai mudar de fato a vida das pessoas lá na ponta”, ressaltou.

Osmar Filho e Ricardo Diniz garantem apoio às Escolas Comunitárias de São Luís

Os vereadores Osmar Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal, e Ricardo Diniz (PRTB) reuniram-se, nesta última terça-feira (27), com representantes do Fórum das Escolas Comunitárias e Filantrópicas de São Luís e da Rede de Bibliotecas Ilha Literária.

Na oportunidade, os parlamentares garantiram apoio às entidades com o objetivo de dar encaminhamento para resolver algumas solicitações feitas pelos educadores e também se comprometeram em instalar, no âmbito do Poder Legislativo ludovicense, uma Frente Parlamentar para defender os interesses das Bibliotecas Comunitárias e execução do Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas.

O encontro, vale destacar, foi proposto por Diniz, que agradeceu a atenção dispensada por Osmar Filho em relação ao assunto.

Os representantes solicitaram dos vereadores apoio no que se refere a solucionar, por exemplo, impasse relacionado a demora na certificação contábil por parte do Ministério Público, o que implica no reconhecimento destas unidades de ensino perante a Secretaria Municipal de Educação e posterior liberação de recursos para manutenção e custeio; regulamentação da Lei do Fundeb e de um percentual dos recurso municipais para Educação.

“O debate foi muito proveitoso. Agradeço aos vereadores pela atenção e disponibilidade em dialogar conosco para que estes pleitos sejam resolvidos. Dialogar diretamente com os representantes do povo nos deixa felizes e fortalecidos para que continuemos a trabalhar por esta causa, que é um direito das crianças e adolescentes que estudam nestas instituições de ensino e que são de famílias carentes”, disse Neusa Oliveira, articuladora do Fórum das Escolas Comunitárias.

Osmar Filho explicou que dará todos os encaminhamentos necessários, sendo que o primeiro passo será marcar uma reunião que envolva os Poderes Executivo e Legislativo, Ministério Público e a representação das escolas. “As escolas, realmente, carregam com muita dificuldade e sacrifício toda a manutenção e custeio e recebem muito pouco para mantê-las. É fundamental investir na educação das crianças e assim garantir mais oportunidade para as futuras gerações”, disse o presidente ressaltando que Ricardo Diniz será o autor do projeto de resolução legislativa propondo a criação da Frente Parlamentar.

“Esta é uma data histórica para a Câmara Municipal de São Luís que, pela primeira vez, recebe os representantes do Fórum das Escolas Comunitária”, comentou Diniz, lembrando que são aproximadamente 200 Escolas que prestam serviço às comunidades, oferecendo creche e ensino infantil.

Parceria entre Prefeitura e UEMA visa recuperar Parque Ambiental de Pinheiro

A mais nova parceria entre Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e Prefeitura Municipal de Pinheiro foi selada em reunião com o prefeito Luciano Genésio, do secretário de Meio Ambiente Municipal, Zé Maria, do secretário de Governo, Milton Sá e do reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa.

A proposta é uma ação conjunta para atuação numa nova gestão do Parque Ambiental do Rio Pericumã. A gestão anterior deveria trabalhar na proteção ambiental do Parque mas, no entanto, desde que as obras iniciaram somente agrediu o meio ambiente.

Os professores Universitários da UEMA pretendem desenvolver projetos de recuperação do ecossistema que foi destruído com a construção do Parque, para que assim essa área passe a ser de fato, um local de preservação do meio ambiente.

Além de estudos, alunos e pesquisadores poderão realizar plantio de espécimes e visa também a implantação de um Ecoponto, um projeto que recolhe resíduos de forma correta e da um retorno para sociedade em forma de auxílio à famílias carentes.

“Parcerias que agregam e promovem principalmente retorno expressivo a sociedade são muito empolgantes para nossa gestão. Somos parceiros da UEMA desde o início do mandato incentivando e promovendo educação para os pinheirenses. Essa agenda é muito importante para nós pois temos uma política preocupada e voltada para questões ambientais. Agradecemos e parabenizamos o reitor Gustavo, os professores e alunos que com muito empenho e competência estão contribuindo para a construção de uma nova história em Pinheiro pautados na educação e preservação ambiental”, disse o prefeito Luciano.

“Sou de grupo”, diz Evilson Almeida 

Evilson Almeida

Evilson Almeida

Eleição 2020 começou…

O cenário político para as eleições municipais começou a se consolidar, embora ainda não esteja 100% definido em São Luís.

Pelo grupo governista, até o momento estão confirmadas as candidaturas de Rubens Júnior (PCdoB), Duarte Júnior (PCdoB), Neto Evangelista (DEM) e Osmar Filho (PDT).

O PDT foi o único que homologou a candidatura do presidente da Câmara de Vereadores da capital maranhense. O grupo, composto pela maioria dos vereadores que integram a atual legislatura, irá com Osmar Filho.

Na tarde desta quinta-feira (29), o publicitário Evilson Almeida foi surpreendido pela imprensa com a notícia de que desembarcaria na campanha de Neto Evangelista.

Evilson Almeida respondeu: “Está muito cedo para falar de 2020”.

Em contato com Maranhaodeverdade.com, ele disse: “sou de grupo, e meu grupo ainda não definiu sobre candidatura”.

Com perfil de vencedor em campanhas políticas, em 2016, Evilson Almeida foi componente principal para a vitória no segundo turno de Edivaldo Holanda (PDT).

Hildo Rocha apoia abertura da “caixa preta” do BNDES

Hildo Rocha apoia abertura da “caixa preta” do BNDES

Hildo Rocha apoia abertura da “caixa preta” do BNDES

Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha defendeu a realização de procedimentos investigatórios a fim de apurar possíveis irregularidades na aplicação de recursos públicos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com o parlamentar a ‘caixa preta’ do BNDES já deveria ter sido aberta há muito tempo.

Operações inexplicáveis

Rocha enfatizou que lutou muito a fim de conseguir uma linha de financiamento para mototaxistas de todo o país. O deputado destacou que a maior parte dos mototaxistas do Maranhão estão trabalhando com veículos que tem mais de cinco anos de uso. “Em média, o prazo máximo permitido pelas legislações municipais é de cinco anos de uso. Eu convenci o presidente Temer a abrir uma linha de crédito, por meio do BNDES, para a compra de motocicletas para os trabalhadores que vivem dessa atividade. O presidente Temer determinou a abertura da linha de crédito para os mototaxistas de todo o Brasil, mas a instituição sempre dizia que não tinha recursos. Agora que a caixa preta da instituição foi aberta, ficamos sabendo que os ricos do Brasil tiveram dinheiro do BNDES a 2,5% ao ano para comprar jatinhos e Helicópteros de luxo. Uma verdadeira farra com dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Os R$ 60 milhões que o BNDES emprestou a juros subsidiadas para o apresentador Luciano Huck daria para financiar os 6.500 mototaxistas do Maranhão que estavam aptos a receberem o financiamento de suas novas motocicletas. Não dá para entender que ainda tem gente que era contra abrir a ‘caixa preta’ do BNDES”, lamentou o deputado.

Prejuízo de R$ 700 bilhões

Rocha ressaltou que só com as operações para favorecer grandes empresários houve um prejuízo, aos cofres públicos, de R$ 700 bilhões de reais. “Se já tivesse sido aberta a ‘caixa preta’ já teríamos tido acesso às informações e eu, na condições de deputado federal, representante do povo maranhense na Câmara Federal, teria ido ao BNDES cobrar atendimento aos mototaxistas. Como é que não tem dinheiro para financiar os mototaxistas, mas tem para financiar grandes empresas que conseguiram empréstimos com juros de 2,5%, com um prazo de carência exagerado como a JBS? Isso está errado, essas mamatas têm que ser mostradas. Está de parabéns o novo presidente do BNDES que eu aplaudo pela atitude também e o presidente Jair Bolsonaro que desconfiou dessas maracutaias que foram escondidas nos outros governos e determinou a averiguação” argumentou Hildo Rocha.