Prefeitura e Governo assinam Termo de Cooperação para realização dos Jogos Municipais Ludovicenses

Um marco na história do esporte maranhense foi concretizado na tarde desta quinta-feira (27) na sede da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (Sedel). Um Termo de Cooperação entre a Prefeitura de São Luís e governo do Estado foi assinado e o município de São Luís irá realizar os Jogos Municipais Ludovicenses, que servirão como etapa classificatória dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs).

“Esse é um grande avanço na história do Esporte dentro da nossa capital. São Luís será mais uma vez a capital do esporte. Espero que possamos com essa parceria conseguir mobilizar nossas escolas para que venham a participar e acabar transformando este evento, além da competição, em uma forma de integração entre os alunos. Essa era a parceria que estava faltando em prol do esporte. Estamos diante de um governo do Estado extremamente compromissado e, a partir de hoje, temos então uma missão: fazer São Luís mais presente na realização dos JEMs”, destacou o secretário Municipal de Desporto e Lazer, Júlio França.

12992_termo_de_cooperacao_prefeitura_e_governo2

Para o secretário de Estado do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, a parceria entre o governo e a prefeitura contribui para construção da agenda do esporte. “Essa parceria é o começo de um novo caminho em que governo e prefeitura trabalham juntos para construir a agenda do esporte no Maranhão. Estamos trabalhando um novo formato para os JEMs, com reestruturação do evento em quantidade e qualidade. O governo do Estado já alcançou importantes conquistas nos JEMs 2015, como o crescimento na adesão dos municípios, a realização de projetos de lazer para os atletas e garantia de estrutura completa de alimentação. Essa parceria com a prefeitura é mais um avanço e tornará os jogos mais equilibrados”, completou o secretário Márcio Jardim, durante a cerimônia de assinatura do termo.

Em 43 edições dos Jogos Escolares Maranhenses, o governo do Estado foi responsável pela organização da etapa metropolitana, envolvendo os municípios de São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar, e os vencedores dessa etapa garantiam vaga na etapa estadual dos jogos escolares. Com a assinatura do termo, os municípios da região metropolitana de São Luís organizarão seus próprios jogos municipais, classificando as escolas vencedoras para a etapa regional dos JEMs.

Além de São Luís, o município de São José de Ribamar também já confirmou a realização dessa etapa para o próximo ano. A ideia é que Paço do Lumiar e Raposa também realizem seus próprios jogos da etapa classificatória.

Estiveram presentes também na cerimônia a secretária adjunta de esporte educacional da Sedel, Joslea Rodrigues, o secretário adjunto municipal de Desportos e Lazer, Rommeo Amin, o representante da Câmara Municipal, vereador Ivaldo Rodrigues, a equipe de Coordenação Geral dos JEMs 2015 e representantes de federações.

Prefeitura e governo do Estado promovem acesso de jovens à música erudita

Aproximar os jovens da rede pública de ensino do universo da música erudita e do canto. A proposta é do Projeto Via Musical, de iniciativa do governo do Maranhão e em parceria com a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Na comunidade da Vila Maranhão, cerca de 500 estudantes da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Gomes de Sousa assistiram a um concerto didático. A atividade foi realizada na igreja São Joaquim do Bacanga, em frente à escola.

Desde o início do projeto, em abril, cerca de 2 mil jovens já foram beneficiados pelo projeto. A apresentação nas comunidades é precedida de uma visita ao teatro. Durante a apresentação, os músicos apresentam os instrumentos musicais, os diversos gêneros e os compositores – uma estratégia para transformar o concerto em momento de aprendizado e fazer da música erudita um tema interessante para os jovens. Na programação, uma apresentação da cantora lírica Rose Nogueira; o Duo Minas Mar de piano e trompa, formado pela pianista Andréa Rodrigues e o trompista Jânio Morae; e o Duo de violão e flauta, formado pelo violonista Tiago Fernandes e o flautista Tiago Garcez.

12993_via_musical_escola_ueb_gomes_sousa_290815_foto_fabriciocunha_84 (1)

O secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, destacou que a contribuição do projeto para a formação cultural e cidadã dos jovens. “Agradeço a parceria com as secretarias estaduais de Cultura e de Educação, que possibilitaram este momento para os nossos jovens. É um momento gerador de entusiasmo. O primeiro contato com um instrumento é um estímulo para a curiosidade. Desejamos que essa curiosidade se converta em vontade de pesquisar e aprender cada vez mais”, disse o secretário de Educação.

O secretário estadual de Cultura, Felipe Camarão, esteve presente ao evento e também frisou os benefícios para os jovens. “Por meio deste projeto, buscamos atuar para possibilitar o primeiro contato dos adolescentes com a música, despertando o interesse e o gosto pelo estudo musical”, afirmou o secretário.

MÚSICA – O estudo da música não é completamente desconhecido dos alunos da U.E.B. Gomes de Sousa. Os estudantes do 6º ao 9º ano da escola participam de uma orquestra estudantil. Os ensaios acontecem durante a aula de Educação Musical e no contraturno das atividades de sala de aula. “Os adolescentes estudam os diversos tipos de instrumentos, o desenvolvimento da música e o contexto histórico. O projeto Via Musical vai complementar esse trabalho que já desenvolvemos”, explicou Daniel Ferreira, professor de música dos estudantes.

Curiosos e interessados durante o concerto, o público de estudantes apreciou a interpretação dos músicos. José Guilherme de Moura Gomes, 13 anos, contou que era a primeira vez que via muitos daqueles instrumentos. “Gosto muito de música e estou conhecendo vários instrumentos. Me identifico mais com os de sopro, acho bem legal, contou o estudante entusiasmado.

A gestora da U.E. B Gomes de Sousa, Maria Inês Barros de Macedo, destaca que a oportunidade descobriu vários talentos dentro da escola. “A música é fantástica e os meninos adoram. Estão conhecendo o mundo da música de concerto e a sua história e muitos estão descobrindo suas próprias aptidões para a música”, disse a gestora.

Bacabeira: Alan Linhares reúne com lideranças e confirma a força do seu grupo político 

As eleições municipais são apenas no ano que vem, mas o prazo para filiação daqueles que pretendem ser candidatos a prefeito ou vereador encerra-se no próximo dia 2 de outubro, um ano antes do próximo pleito. A pouco mais de um mês de formar equipes que estarão aptas a concorrer em 2016, o grupo político liderado por Alan Linhares, a cada dia, conquista novos adeptos e mantém liderança forte.

Na última quinta-feira, 27, o grupo reuniu-se, em sua residência, para mais um encontro político partidário, que contou com a presença de representantes de partidos aliados como PSDB, DEM, PROS, PTB, PPS, PSD, PTC E PSDC.

O ex-prefeito e atual presidente do partido Democratas (DEM) em Bacabeira, Venancinho, também esteve presente na reunião, e ratificou a unidade do grupo. “O nosso grupo político é forte, coeso e continua a cada dia mais unido”, disse.

Alan, Venâncinho e grupo político

Em sua fala, Alan Linhares agradeceu a presença de todos, ressaltou a transparência das ações do governo municipal e disse que acredita na força do seu grupo político. “O nosso grupo faz política com transparência e seriedade, buscando melhorar a qualidade de vida da população. Continuaremos firmes e fortes para o desenvolvimento de Bacabeira. Acredito na força da nossa militância e da nossa gente”, destacou Alan Linhares.

Ainda como representantes de partidos políticos, participaram os Vereadores, Antônio Romualdo, Elias Teixeira (Thabal), Luis Vilaça, Martinho José, Jovaldir Hugo de Jesus (Déco), Joaquim Lopes (Meu Povo), o vice-prefeito, Arrumadinho, além de lideranças comunitárias e religiosas.

Em Itapecuru, Zé Inácio acompanha ministro Patrus

O deputado Zé Inácio (PT) acompanhou o Ministro do Desenvolvimento Agrário Patrus Ananias em visita ao assentamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra  Cristina Rosa e ao quilombo Santa Rosa dos Pretos, localizados no município de Itapecuru Mirim. 

O Maranhão é o segundo estado que o Ministro Patrus realiza visitas em áreas de Assentamentos e Comunidades Quilombolas com o objetivo de dar continuidade ao compromisso de dialogar e conhecer a realidade dos territórios do Brasil rural. 

O deputado Zé Inácio (PT) durante evento ressaltou a importância de ações como essas com a parceria dos governos federais, estaduais e municipais. Zé Inácio também destacou o papel dessas comunidades para o fortalecimento da agricultura familiar em nosso estado. “O papel dessas comunidades é importantíssimo para o desenvolvimento do nosso Estado, pois são elas que produzem a nossa agricultura e este é um momento impar para essas comunidades que ao longo dos anos foram esquecidas“, declarou o deputado.     

Patrus afirmou que conhecer os territórios é uma oportunidade de valorizar os múltiplos olhares do país, para a criação de sinergias.

IMG-20150830-WA0002 (2) Zé Inácio ainda destaca a importância de investimentos nas áreas rurais para o desenvolvimento sustentável no Maranhão. “A produção agrícola do nosso estado precisa ser alavancada, pois existem gargalos, como falta de investimentos em tecnologias e capacitação, assim como também programas específicos para os agricultores, além de linhas de créditos. Já está mais que na hora de fazermos os reparos com os agricultores rurais (quilombolas, quebradeiras de coco, assentados, pescadores e indígenas), que vem sendo deixada de lado ao longo desses anos”. 

Patrus no Maranhão –  A vinda do Ministro ao Maranhão se deu ao lançamento do Plano Safra. Na oportunidade ele realizou visita aos territórios rurais, que tem como objetivo promover o desenvolvimento econômico e universalizando programas básicos de cidadania, por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável, a participação social e a integração de ações entre Governo Federal, estados e municípios são fundamentais para a construção dessa estratégia. 

O assentamento Cristina Rosa e ao quilombo Santa Rosa dos Pretos pertencem ao Território da Cidadania Vale do Itapecuru, que é composto pelos municípios de Anajatuba, Cantanhede, Itapecuru Mirim, Matões do Norte, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Pirapemas, Presidente Vargas, Santa Rita e Vargem Grande, neste território, com mais de 8,9 mil quilômetros quadrados e quase metade da população vivendo no meio rural, nasceu o movimento das quebradeiras de coco babaçu. 

Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia atrai quatro mil pessoas

A I Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), que encerrou no último sábado (29), no município de São Bento, atraiu cerca de quatro mil pessoas. Elas foram à Escola Fazenda da Universidade Federal do Maranhão (Uema) participar do evento, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). 

A feira de São Bento foi aberta pelo governador Flávio Dino e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, na última quinta-feira (27). Eles anunciaram vários investimentos à agricultura familiar e em outras áreas importantes para o desenvolvimento do estado, como a educação. Durante a feira, foram capacitadas mil pessoas por meio de 50 cursos, oficinas e palestras.

Foto 2 - Primeira Agritec promovida pelo Estado atrai mais de 4 mil pessoas

“Deixamos um legado de conhecimento e isso impulsiona a realização das próximas feiras, ainda esse ano, em Açailândia, Caxias e Bacabal”, enfatizou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares. 

Visitantes da feira participaram de oficinas como a de “Fabricação de Sabonete Artesanal à Base de Mel”, conduzida pela professora Rosilene Padinha, da Cooperativa Agroecologica de Meliponicultores da Baixada Maranhense, que produz mel de abelha tiúba. 

Uma das alunas da oficina, a agricultora Roclinda Campos, do povoado de Guarapinga, em São Bento, disse que gostou de saber que deve ficar atenta a todos os detalhes em todas as fases do processo de fabricação. “Aprendemos a ter um cuidado com os ingredientes usados na fabricação, já que será um produto usado na pele, e não podemos usar nada que possa causar alergia”. 

Produção de peixe – A oficina de “Piscicultura para a Agricultura Familiar” contou com um público atento à abertura de um mercado crescente, graças ao maior consumo de peixes no Brasil, segundo informações do instrutor Fernando Carvalho. Para o agricultor José Ribamar de Oliveira, de São Bento, o curso serviu como apoio em sua nova empreitada dele como produtor familiar. “Estou começando uma pequena criação de peixes, não sei muito e, por isso, vim aqui. Espero poder aplicar o que aprendi e poder ter uma boa produção de peixes para consumir e ainda vender”. Na Agritec é possível conhecer o projeto “Mais Peixes” que tem como objetivo incrementar a produção em tanques de polietileno, uma alternativa a outros modelos, como o de concreto e viveiro escavado, que têm custo mais elevado. Segundo o coordenador do projeto, Cláudio Urbano, a nova estrutura é de rápida instalação e manutenção. Acomoda-se facilmente em vários tipos de terreno, além de possuir durabilidade alta, de até 20 anos. O investimento é baixo, cerca de R$ 6 mil, sendo um equipamento que pode produzir até uma tonelada de peixes em cada tanque em um ciclo de seis meses. 

Experiência de sucesso – No balanço de encerramento da feira, realizado pelo secretário Adelmo Soares e representantes dos parceiros, os resultados finais foram considerados positivos, levando em conta os benefícios deixados como a construção do campus da Uema, ampliação do acesso dos estudantes da Baixada ao nível superior e a construção de sistemas de abastecimento de água em quatro comunidades rurais de São Bento. “Tivemos uma troca de experiência fantástica. O Governo do Estado marcou aqui a abertura de um campus e isso vai contribuir muito para o desenvolvimento da Baixada”, ressaltou a professora da Uema, Francisca Neide Costa. Para o superintendente do Sebrae, João Martins, a agricultura familiar é um empreendimento e, por isso, o agricultor deve ser considerado um empresário. Na avaliação do chefe da Embrapa Cocais, Valdemício Ferreira, a Agritec foi desenvolvida com o propósito de propiciar um ambiente de discussão com o agricultor. “É um espaço de troca de experiências do agricultor com os técnicos”.

“O Hospital de Imperatriz está jogado às baratas”, denuncia Wellington

Durante sua ida a Imperatriz, após cumprir vários compromissos políticos, o deputado Wellington do Curso (PPS) fez uma visita surpresa, na tarde da última sexta-feira (28), ao Hospital Munipal de Imperatriz (Socorrão), onde ficou estarrecido com a situação encontrada.

De acordo com o parlamentar, o Hospital encontra-se em estado de precariedade e desumanidade e, ao falar com pacientes, pôde comprovar as principais problemáticas daqueles que precisam do sistema municipal de saúde.

IMG-20150831-WA0037“Ao conhecer de perto o hospital municipal de Imperatriz, pude comprovar quanto a nossa saúde ainda encontra-se na ‘UTI’. Ao passar por cada parte vemos o caos: super lotação, pessoas atendidas nos corredores (macas nos corredores), pacientes tomando soro nos corredores e segurando as bolsas de soro na mão, baratas por todos os lados, dentre tantas outras mazelas que ferem a dignidade humana. O hospital de Imperatriz está jogado às baratas! Enquanto representante do povo maranhense e vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, não me calarei diante de atos desumanos como este”, relatou.

Ao discorrer sobre as problemáticas do Socorrão de Imperatriz, durante seu pronunciamento na sessão desta segunda-feira, Wellington destacou o artigo 196 da Constituição Federal de 1988 que defende a saúde como direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução de risco de doenças.

Na ocasião, o parlamentar encaminhou requerimentos ao Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (CAOp) do MP, solicitando a fiscalização no Hospital Municipal de Imperatriz; e à secretária municipal de saúde, Conceição Madeira, solicitando esclarecimentos sobre a prestação de serviços de saúde no município, a superlotação, atendimento desumano nos corredores do Hospital, dentre outras mazelas que prevalecem no local.

Fábio Braga leva prefeitos à Caema e cobra benefícios para a população

Fábio Braga leva prefeitos à Caema e cobra benefícios para a população.

Fábio Braga leva prefeitos à Caema e cobra benefícios para a população.

O deputado Fábio Braga (PTdoB) promoveu, na quarta-feira (26), uma grande reunião dos prefeitos de Riachão Crisogono Vieira, de Vitorino Freire Zé Leandro e de Bom Jesus das Selvas Cristiane Damião e do presidente da Câmara Municipal de Vitorino Freire vereador Jair Rodrigues, com o presidente da Caema Davi Telles.

Durante a reunião, Fábio Braga cobrou do presidente Davi Telles urgência para resolver os graves problemas de abastecimento d´água enfrentados pela população de Riachão, de Vitorino Freire e de Bom Jesus das Selvas, especialmente os relacionados com a falta de perfuração de poços artesianos nas comunidades rurais.

Em nome dos prefeitos e da população, Fábio Braga solicitou também o empenho do presidente da Caema para solucionar os problemas de distribuição de água potável nos bairros dos três municípios, especialmente nas regiões periféricas, onde as comunidades reclamam da falta de ampliação de novos pontos de ligações.

LUTA PELA POPULAÇÃO – Depois de ouvir os pleitos da população, formulados pelo deputado Fábio Braga e pelos prefeitos, o presidente Davi Telles prometeu que vai determinar a visita de uma equipe técnica da Caema a Riachão, a Vitorino Freire e a Bom Jesus das Selvas, para levantar os problemas cobrados e providenciar as devidas soluções.

Momentos depois da reunião, os prefeitos elogiaram a iniciativa do deputado Fábio Braga de levá-los à presença do presidente da Caema, a fim de cobrar soluções para os problemas dos três municípios. Para os prefeitos, a luta de Fábio Braga em benefício da população foi uma promessa de campanha agora cumprida.

Sancionado Projeto de Lei que transforma o Procon em autarquia

Foi sancionado nesta segunda-feira (31), no Salão de Atos do Palácio dos Leões, sede do Governo do Estado, o Projeto de Lei nº 172/2015, que transforma a Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA) em autarquia. Na Assembleia Legislativa, o projeto teve como relator o deputado estadual Eduardo Braide (PMN), e deve garantir à população maranhense mais proteção nas relações de consumo.

O PL nº 172/2015 foi encaminhado à Assembleia Legislativa no dia 5 de agosto, sendo aprovado de forma unânime pela Casa. Com a mudança, o Procon passa agora a se chamar Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor, tendo personalidade jurídica própria e atuação de forma autônoma, auxiliar e descentralizada da administração pública, apesar de ainda ser fiscalizado e tutelado pelo Estado.

“Essa é mais uma marca importante para o direito de consumo, pois teremos um Procon mais autônomo e mais atuante, que passa a ser um instituto que permite a fiscalização em todas as regiões do estado. Passa a ser um órgão independente, o que vai trazer mais celeridade às ações e processos”, afirmou o diretor-geral do Procon, Duarte Júnior, que agora passará a ser presidente.

PARTICIPAÇÃO E RECONHECIMENTO – O presidente da Assembleia, deputado estadual Humberto Coutinho (PDT), e os deputados Levi Pontes (SD) e Zé Inácio (PT), participaram da solenidade de sanção do projeto. Os parlamentares destacaram a importância desse grande passo para o estado e o empenho da AL em trabalhar em prol de ações que só têm a beneficiar a população. “A Assembleia Legislativa agilizou a aprovação desse projeto e tem contribuído com a aprovação de leis importantes como essa. Destacamos que o Procon é um dos órgãos mais atuantes em relação à defesa do consumidor”, ressaltou o deputado Zé Inácio.

O deputado Levi Pontes frisou que, além de oportuno, a transformação do Procon em autarquia irá ampliar o acesso aos direitos adquiridos de toda a população maranhense. “É uma ação extremamente oportuna e necessária para a população, principalmente por favorecer aqueles que mais precisam no Maranhão. É importante que a população veja que o poder público está de olho e se preocupando com suas necessidades”, destacou o parlamentar.

O governador Flávio Dino (PCdoB) também ressaltou o papel e o interesse da Assembleia Legislativa em aprovar projetos de leis importantes para a população. “A AL tem compreendido a nossa agenda de trabalho, aprovando vários projetos de lei e sendo uma instância em que os nossos propósitos têm conseguido grande acolhida”, assinalou.

ESTRUTURA – Atualmente, o Procon possui 13 postos de atendimento presencial em todo o Maranhão, número que deve aumentar para 21 até o final deste ano. Além disso, a instituição também possui plataformas online de atendimento, como o site do Procon (www.procon.ma.gov.br) e o aplicativo para celulares, potencializando os canais de atendimento ao consumidor.

Além de expandir a sua atuação, com a transformação do Procon em autarquia a instituição também poderá celebrar convênios destinados ao estabelecimento de Programas de Proteção e Defesa do Consumidor, em parceria com os municípios, para garantir o cumprimento das disposições do Código de Defesa do Consumidor, da Lei Federal Delegada nº 4, de 26 de setembro de 1962, e das demais normas legais e regulamentares pertinentes.

Agricultura Familiar: Foco em territórios maranhenses…

Dando continuidade ao compromisso de dialogar e conhecer a realidade dos territórios do Brasil rural, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, participou da reunião do colegiado do Território da Cidadania Vale do Itapecuru, na noite da última quinta (27), em Cantanhede (MA), como parte de sua agenda no Maranhão.

Ao avaliar os bons resultados alcançados com a organização do território e as demandas apresentadas pelos integrantes do colegiado, Patrus afirmou que conhecer os territórios é uma oportunidade de valorizar os múltiplos olhares do país, para a criação de sinergias. “O Brasil é um país muito grande e muito diverso. Nossos estados refletem essas diversidades regionais e culturais. Então, trabalhar, olhando para as regiões que têm identidades em comum, com vocações comuns, do ponto de vista do desenvolvimento econômico é um caminho anunciador. Obviamente, contando com a participação popular na decisão sobre os investimentos, pois são as pessoas que moram ali que melhor conhecem a realidade”.

Para o presidente do colegiado territorial, Valdislam Mattos, ter a oportunidade de apresentar o trabalho desenvolvido e a importância do território para a delegação do MDA, especialmente para o ministro, faz parte do compartilhamento de diferentes olhares. “O território tem servido como um grande espaço para a troca de experiência. Olhar para quem mora do nosso lado, que está fazendo uma coisa diferente ou mesmo acessando uma política pública pela primeira vez, nos ajuda a entender como fazer para melhorar a nossa vida”.

Ao abordar a importância do território, Patrus destacou o relevante papel para a articulação regional e conexão de políticas públicas. “Falamos aqui sobre a importância da alimentação, como condição primeira à saúde e à educação, e o território tem esta dimensão. Ele favorece o encontro de variadas políticas públicas, inclusive integrando ações do Governo Federal com as de estados e municípios”.

Território da Cidadania Vale do Itapecuru – Composto pelos municípios de Ananatuba, Catanhede, Itapecuru Mirim, Matões do Norte, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Pirapemas, Presidente Vargas, Santa Rita e Vargem Grande, neste território, com mais de 8,9 mil quilômetros quadrados e quase metade da população vivendo no meio rural, nasceu o movimento das quebradeiras de coco babaçu.

Quebrando barreiras – Organizado desde 1995, o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB), reúne mulheres do Maranhão, Piauí, Pará e Tocantins. Essas trabalhadoras rurais vivem principalmente do extrativismo da palmeira do babaçu, comercializando não só a castanha, mas vários produtos agroindústrializados, agregando valor e melhorando a renda das famílias.

Abordagem territorial – A visão dos territórios rurais é essencialmente integradora de espaços, atores sociais, agentes, mercados e políticas públicas. Essa abordagem considera que a equidade, o respeito à diversidade, a solidariedade, a justiça social, o sentimento de pertencimento, a valorização da cultura local e a inclusão social são objetivos fundamentais a serem atingidos. Promovendo o desenvolvimento econômico e universalizando programas básicos de cidadania, por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável, a  participação social e a integração de ações entre Governo Federal, estados e municípios são fundamentais para a construção dessa estratégia.

Sebrae se reúne com o prefeito de Açailândia e município adere à RedeSim

Prefeito de Açailândia, Juscelino Oliveira, assina termo de adesão à RedeSim

Prefeito de Açailândia, Juscelino Oliveira, assina termo de adesão à RedeSim

O Sebrae em Açailândia, esteve reunido no último dia 20, com o prefeito municipal Juscelino Oliveira para apresentação da Rede Nacional para a simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim).

A reunião aconteceu na Associação Comercial da cidade e foi intermediada pelo o consultor do Sebrae Iomar Rodrigues, que explicou a importância e os benefícios da implantação do sistema ao município. “O sistema possui várias vantagens, como a automatização, agilidade e a transparência nos serviços”, enfatizou Iomar.

No Maranhão, a Rede Nacional para a simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim), recebeu o nome de Empresa Fácil. O sistema pretende desburocratizar o processo de legalização das empresas, facilitando a abertura, fechamento e alteração do registro mercantil, através de um portal, em que os usuários poderão ter acesso a todos os serviços.

Durante a reunião estiveram presentes, o gestor de projetos do Sebrae Rhaufe Fonseca, juntamente com o secretário municipal de Indústria e Comércio, Cleones Oliveira, secretário municipal de Meio Ambiente Sininger Vidal, agente de desenvolvimento José Francisco e a chefe de escritório da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), Zorailde Batista.

Após a apresentação da RedeSim, o prefeito Juscelino Oliveira assinou o Termo de Adesão à implantação do sistema, que permite sua instalação no município. Para Juscelino Oliveira, a parceria entre Sebrae, Associação Comercial e Governo do Estado tem contribuído com o crescimento da economia na região. “Acreditamos que o sistema beneficiará toda a população, é uma boa oportunidade para os pequenos empreendedores sair da informalidade, e assim passarem a trabalhar legalmente, prestando serviços a qualquer empresa”, destacou.

O gestor de projetos do Sebrae Rhaufe Fonseca, frisou a importância da RedeSim em Açailândia. “O sistema vem facilitar os procedimentos do registro e alterações de empresas na cidade. O Sebrae apoia esse projeto, porque acredita que essa ferramenta vem contribuir com o desenvolvimento local”, pontuou.